Editorial

Depois de quase dois anos em operação o Portal GD interrompe suas atividades para reformulação

18/7/2005
Jayme Buarque Hollanda/Rodrigo Ferreira, Editorial


Há quase dois anos o INEE e o Grupo Canal Energia lançaram o Portal GD, uma mídia eletrônica para divulgar a geração distribuída (GD), ou seja a geração elétrica realizada próxima aos locais de consumo, independente da potência ou da fonte de energia.

Animava o INEE o fato de que a GD, além de evitar as perdas de transporte, permite que o gás natural seja usado com alta eficiência em ciclos de cogeração e que resíduos combustíveis hoje queimados sem aproveitamento possam ser transformados em energia elétrica.

Para o Grupo Canal Energia,  a iniciativa corrobora com sua estratégia de atuação, que é oferecer ao mercado informação qualificada e especializada sobre os mais diversos temas tratados pelo setor elétrico nacional. O Grupo CanalEnergia entende ainda que qualquer mercado envolvido num ambiente de concorrência e crescimento necessita de informação especializada para se desenvolver e, sobretudo, oferecer transparência e debate à sociedade e aos profissionais com ele envolvidos. 

A iniciativa ocorreu em um momento muito complexo do setor elétrico brasileiro quando, depois da crise de 2001 havia a sensação de haver excesso de capacidade e a percepção da necessidade de atrair novos investimentos. Como no Brasil a questão elétrica foi sempre tratada com sendo um “problema de governo” e a opção sempre foi feita considerando a geração central por meio de usinas de grande porte, a GD teve uma atenção mínima e foi tratada apenas como uma forma "alternativa". As barreiras culturais afetam tanto o setor elétrico quantos os potenciais desenvolvedores da GD. O Portal GD procurou identificar e se dirigir a este público.

Uma medida do sucesso pode ser avaliada pela evolução do número de visitas ao Portal GD que multiplicou por quase oito vezes em cerca de dois anos o que combinado com outros indicadores de visitas mostra que o interesse é dinâmico e deve continuar aumentando mais ainda.

No período houve enormes progressos. O reconhecimento explícito da GD pela Lei 10.848/04 e uma regulamentação (Decreto 5.163/04) que reduz barreiras históricas das distribuidoras a toda auto-geração, cria as bases para um crescimento seguro desta nova forma de geração que melhora as condições de uso do sistema existente e aumenta sua confiabilidade perto dos consumidores foram as principais conquistas. Outros aspectos ainda estão sendo trabalhados como a percepção da importância de uma política para o gás.

Não obstante, embora se espere que os negócios com GD venham a ter uma grande expressão econômica em futuro próximo, ainda não é suficiente para gerar a receita que permita sustentar uma publicação com os padrões e alto nível que vem sendo adotado no Portal GD, até então mantida exclusivamente com recursos do INEE e Grupo CanalEnergia. Por esta razão, estaremos interrompendo em 01  de agosto esta etapa do Portal GD  para voltar  após o equacionamento do apoio financeiro das empresas e entidades interessadas no desenvolvimento da geração distribuída em geral e da cogeração no Brasil.

O tema da GD continuará a ser tratado neste ínterim em uma coluna do INEE a ser publicada pelo Portal Canal Energia.com.br.

Agradecemos os usuários que buscaram informações no Portal GD durante este período e esperamos poder contar em breve com o efetivo apoio do segmento para reativação desta operação.

Jayme Buarque de Holanda é Diretor Geral do INEE

Rodrigo Ferreira é Diretor Executivo do Grupo CanalEnergia 





  imprima